Homem é preso por jogar óleo quente na ex-companheira e estuprar a ex-enteada no RN

A Polícia Civil prendeu um homem, de 36 anos, por descumprimento de medida protetiva. A prisão em flagrante aconteceu no município de Tibau do Sul, no litoral do estado. O suspeito era investigado pelos crimes de lesão corporal em face da ex-companheira e estupro de vulnerável contra a ex-enteada.

No âmbito da Operação Caminhos Seguros, a equipe da Polícia Civil diligenciou na residência das vítimas, tendo constatado que o investigado estava dentro da casa, contra a vontade das ofendidas, descumprindo decisão judicial anteriormente deferida. 

Além do descumprimento, o homem teria lesionado a ex-companheira no último domingo (05), jogando óleo quente em seu corpo, causando diversas lesões. Ante a situação fragrancial, o investigado foi conduzido à Delegacia de Polícia e autuado em flagrante delito. Ele foi encaminhado para o sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. 

Leia mais

[Vídeo] A expectativa de sangria na barragem Umari

A barragem Umari, no município de Upanema, no Oeste do Rio Grande do Norte, está perto de sangrar. De acordo com os dados do Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), o reservatório está com quase 100% da capacidade.

Durante o final semana, a água chegou a passar por cima da parede. No entanto, segundo o instituto, o movimento foi provocado pela atuação do vento. O reservatório tem capacidade para acumular mais de 287 milhões de metros cúbicos de água, sendo o terceiro maior do estado.

Inaugurada em 2003, a barragem Umari teve a última sangria em 09 de abril do ano passado. No último dia 15 de fevereiro, o reservatório estava com 74,84% da capacidade. Confira imagens do local:

Leia mais

Caos avança no RS com falta de luz e racionamento de água

Os estragos causados pelas chuvas que atingem o estado do Rio Grande do Sul (RS) já deixaram mais de 884 mil pessoas sem acesso à água potável e cerca de 435 mil pontos sem energia elétrica. De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil, na noite dessa segunda-feira (6/5), os temporais já deixaram mais de 153.824 mil pessoas desalojadas e 385 municípios afetados.

A crise hídrica é um dos principais desafios enfrentados pela população. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) tem 884.802 clientes privados de água, representando 28% do total abastecido pela instituição. Segundo a empresa, as cidades de Alvorada, Cachoeirinha, Sapucaia e os municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre Canoas, Esteio e Viamão estão 100% desabastecidos.

A situação é agravada pela interrupção das operações em quatro das seis estações de tratamento de água da cidade, restando apenas duas em funcionamento: Menino Deus e Belém Novo.

Leia mais