Preso do semiaberto é morto com 15 tiros de pistola 9mm em cidade do RN

O crime aconteceu por volta das 17h40min desta terça-feira dia 7 de Maio de 2024, na Rua Pedro Velho no Bairro Santo Antônio em Mossoró na região Oeste Rio Grande do Norte. A vítima foi o preso de justiça cumprindo pena no regime semiaberto, com uso de tornozeleira eletrônica, Renê Jeferson Alves da Silva de 29 anos.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima trafegava em uma moto Pop de cor vermelha, quando foi surpreendido pelos atiradores que também estavam de motocicleta e ao emparelhar, efetuaram vários disparos de arma de fogo.Renê foi atingido pelos disparos e morreu na hora. A PM informou que uma pessoa estava na garupa da moto da vítima, mas que teria conseguido fugir sem ser baleada. A vítima tinha condenação de 12 anos de prisão no fechado, por um homicídio cometido no ano de 2025, quando matou a tiros, um homem dentro de um circo,próximo ao Campo Raizão.

Cumpriu 6 anos de prisão no fechado e devido ao bom comportamento, conseguiu regressão de regime, saindo para o semiaberto com monitoramento eletrônico. No final da tarde de hoje, ele foi assassinado após sair do trabalho e retornar pra casa da mãe. A Polícia ainda não sabe qual teria sido a motivação e a autoria do crime.A perícia foi realizada no local e durante o trabalho dos profissionais do ITEP foram recolhidas 15 cápsulas de pistola 9mm que ficaram espalhadas pelo chão. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa vai investigar o caso. Mossoró chega aos 41 assassinatos no ano.

Leia mais

Polícia Civil prende homem por homicídio durante festa em cidade do RN; veja

Polícia Civil prende homem por homicídio durante festa em Goianinha

Policiais civis da 13ª Delegacia Regional de Goianinha (13ª DR) e da 101ª Delegacia de Polícia de Goianinha (101ª DP) prenderam, nesta terça-feira (07), um homem, de 52 anos, suspeito de assassinar João Maria Cristiano da Silva, de 44 anos, durante uma festa na Lagoa Vale da Prata, no município de Goianinha/RN. A prisão contou com o apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV/Natal) e da 29ª Delegacia de Polícia de Ielmo Marinho (29ª DP).

O crime, que chocou a comunidade local pela sua brutalidade, ocorreu na noite do dia 02 de maio, quando João Maria, pedreiro conhecido na região, foi atacado pelo atual namorado de sua ex-esposa durante uma festa. Após uma discussão, o suspeito desferiu golpes de faca que resultaram em ferimentos graves na vítima. Durante a fuga, o investigado ainda efetuou um disparo de arma de fogo, cujo projétil atingiu o rosto de um homem. A vítima foi socorrida e depois liberada.

Leia mais