Após reclamar de barulho, homem é morto no quintal de casa, em Niterói (RJ)

0

A Polícia do Rio de Janeiro investiga a morte de um homem após discussão com traficantes em Niterói, na região metropolitana da capital. O fotógrafo Thiago Freitas de Souza, 32, foi baleado na cabeça depois de reclamar que o barulho na vizinhança atrapalhava o sono de sua filha de cinco anos.

A discussão começou por volta das 6h deste sábado (15), em uma região conhecida como Morro do Santo Cristo, na zona norte da cidade. A esposa da vítima já havia feito uma primeira reclamação, mas o barulho continuou.

Thiago saiu para reforçar o pedido e foi baleado. Sua esposa contou à polícia que ouviu o disparo e, ao sair de casa, encontrou o marido caído no quintal. Ele chegou a ser levado ao hospital e operado, mas não resistiu.

A Polícia Militar diz que policiais do 12º BPM (Batalhão de Polícia Militar) foram ao hospital verificar a entrada de homem com ferimentos provocados por arma de fogo e encaminharam a ocorrência para a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

A Polícia Civil diz que instaurou inquérito para esclarecer a morte. “Diligências estão sendo realizadas e a investigação está em andamento”, afirmou, em nota.

A região convive com uma disputa entre facções rivais pelo controle do tráfico de drogas. A plataforma Fogo Cruzado registrou troca de tiros na região na quarta (12) e neste sábado, moradores publicaram em redes sociais vídeo com novo tiroteio.

A filha do casal havia completado cinco anos na última segunda (10). ​

FOLHAPRESS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui