Em São Fernando (RN), homem do campo mantém a fé num ‘bom inverno’

0

A incerteza, a cada ano, se haverá ou não “inverno” no Sertão potiguar alimenta, entre os agricultores, a busca por indicações da natureza para se saber se as chuvas serão abundantes, tardias ou irregulares e escassas.

Agricultor Adjuto Pereira tem fé em Nossa Senhora do Patrocínio que 2022 terá um bom inverno. Foto: Marciel Nogueira

Para o idoso Adjuto Pereira de Araújo de 72 anos, que reside na zona Rural do município de São Fernando (RN), aqueles que observam as plantas, animais, ventos, nuvens e fazem experiências místicas são conhecidos por “profetas das chuvas”, e segundo o idoso, eles sabem muito. Eles guardam e transmitem conhecimentos empíricos adquiridos dos antepassados. Além da natureza, esses profetas baseiam-se em sonhos, rituais religiosos, crenças indígenas. Essas práticas, enraizadas na cultura nordestina, são transmitidas oralmente, de geração em geração.

Adjuto carrega no coração a fé em Nossa senhora do Patrocínio, padroeira do município, que 2022 será um ano de muito inverno e fartura para os agricultores do Rio Grande do Norte.

Adjuto acredita que teremos um bom inverno em 2022 e muita abundância na agricultura. Foto: Marciel Nogueira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui