Empresário de Campina Grande é preso suspeito de agredir criança que vendia balas em restaurante

0

Um empresário de Campina Grande foi detido na tarde desta segunda-feira (21) suspeito de ter agredido uma criança que tentava vender balas dentro do restaurante dele. A prisão foi feita pela Polícia Militar da Paraíba, que o encaminhou para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, André Rabelo, o homem foi interrogado e depois precisou assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Durante o depoimento, o homem negou o crime. E disse que apenas retirou a criança de seu estabelecimento comercial, alegando que ela estava mexendo na comida do bufê.

Pouco depois, ele foi liberado.

G1/PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui