Gabinete de Crise se reúne para providências diante das últimas chuvas em Natal

0

O Gabinete de Gerenciamento de Crise do Município se reuniu no final da manhã desta quarta-feira (22), no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão, para avaliar a situação da cidade devido à ocorrência de fortes chuvas. Mesmo com a chuva praticamente ininterrupta nas últimas 12 horas não houve grandes estragos na cidade. A Defesa Civil informou que nas últimas seis horas choveu 30 mm, no bairro de Neópolis, e 28 mm, no bairro Guarapes.


“Em uma situação como essa, o nosso papel é reagir de imediato, prever e antecipar possíveis problemas, com providências urgentes”, assinalou o secretário de Governo, Johan Xavier, coordenador da reunião. Ele disse que essa é a orientação do prefeito Álvaro Dias, que não pôde comparecer à reunião.


Diante das chuvas, providências estão sendo tomadas pela Prefeitura. A Urbana, por exemplo, está com equipes nas ruas desde às 7 horas da manhã, desobstruindo bocas de lobo. O trabalho se estenderá até às 17h. Por sua vez, a Semurb está com duas caminhonetes dando apoio logístico às ações municipais. A Semsur também segue em alerta prestando apoio logístico. Já a Guarda Municipal, disponibilizou 60 guardas nas ruas, além do efetivo normal.
De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Carlson Gomes, não houve nenhuma grande anormalidade na cidade por causa das recentes chuvas. Segundo ele, a Seinfra segue monitorando as lagoas de captação, que resistiram às chuvas: “Não houve transbordamento de lagoas na cidade. Estamos monitorando as lagoas. O único problema mais acentuado foi o afundamento do asfalto na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro de Igapó”.


O secretário chamou a atenção para as famílias que ainda resistem em imóveis interditados na comunidade do Jacó, na zona Leste, mesmo tendo recebido o aluguel social. “Em relação ao Jacó, colocamos recentemente uma proteção na encosta com cal gel. Isso vai dar segurança à comunidade”, disse o gestor.
Outro ponto tratado na reunião foi com relação ao trânsito devido a alguns alagamentos pontuais como na avenida Amintas Barros, entre a rua dos Caicós e a avenida Interventor Mário Câmara. Outro local intransitável é na avenida Miguel Castro, também entre a rua dos Caicós e a avenida Interventor Mário Câmara. 
Integram o Gabinete de Crise criado pela Prefeitura, a Defesa Civil Municipal e as secretarias municipais de Defesa Social e Segurança Pública (Semdes), Infraestrutura (Seinfra), Serviços Urbanos (Semsur), Governo (SMG), Mobilidade Urbana (STTU), Planejamento (Sempla), Meio-Ambiente e Urbanismo (Semurb), Trabalho e Assistência Social e Comunicação e Urbana.

Defesa Civil
Em virtude das chuvas que atingiram Natal nas últimas horas, a Defesa Civil do Município, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), reforçou o trabalho de monitoramento das regiões de risco de desabamento com o objetivo de prevenir desastres e proteger a população que mora no entorno dessas áreas.


O Grupo de Ação e Emergência (GAE) trabalha em regime de plantão 24 horas e está de prontidão para atender qualquer tipo de ocorrência que chegue por meio do Disque 190 e também pelo 156 da Prefeitura para a comunicação de situações de emergência. O GAE conta com cerca de 30 agentes que se revezam em seis equipes com cinco profissionais cada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui