Homem que proibia esposa de ir ao médico e de lavar o cabelo é detido; veja detalhes

0

Um homem, de 27 anos, acusado de violência doméstica, foi detido na última quarta-feira (08), em Esteio, no Rio Grande do Sul. Conforme a delegada responsável pelo caso, o suspeito tinha ciúmes obsessivo da esposa e a proibia de ir ao médico e de lavar o próprio cabelo.

A mulher foi vítima de agressões físicas durante 11 anos. “Tais agressões, segundo a vítima, ocorriam constantemente e na presença da filha menor. Tal situação perdurou pelo período de 11 anos e, conforme relato, a vítima temia por sua vida e pela vida da filha se o denunciasse, além de depender financeiramente do agressor”, contou a delegada Luciane Bertoletti.

“Ela contou que era proibida de sair de casa, ir ao médico e de lavar os cabelos ou se maquiar, pois o agressor tinha um ciúme obsessivo, tanto que tatuou o rosto e o nome da vítima em seu peito”, revelou.

IstoÉ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui