Mossoró: diversidade de ritmos marca encerramento de 2ª semana do polo Estação

0
Fotos: Wilson Moreno/PMM

O polo Estação, ambientado no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, foi palco de mais um dia de apresentações dos artistas locais no Mossoró Cidade Junina Virtual 2021, idealizado pela Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Cultura. Cinco atrações subiram ao palco do teatro e levaram música e alegria para as pessoas que acompanhavam as apresentações no conforto de suas casas.

A primeira atração do dia foi o Forró dos Contatinhos. A banda tem em seu repertório canções eternizadas por bandas que fizeram sucesso no início do século. Os cantores Alex Morais e Neilandir Lopes falaram da satisfação de participar do Cidade Junina nesse ano.

“Para nós é uma satisfação muito grande subir nesse palco e trazer para as pessoas o forró das antigas. Temos pouco mais de um ano e meio de estrada e estamos muito felizes de mostrar no nosso trabalho para todas as pessoas que estiveram em casa”, disse a dupla.

A Banda Disco de Vinil, segunda atração a se apresentar neste domingo, trouxe o melhor da música nordestina. O cantor Wesley Santos destacou a escolha do repertório para o show e enfatizou o período junino relatando que o São João não se traduz apenas em uma época do ano.

“É uma importância ímpar participar desse evento, não apenas para nós que somos músicos, mas para toda a cultura mossoroense. Nós trouxemos um pouco da cultura do Nordeste, um pouco da cultura da música do nordeste, principalmente nessa época. O São João não é qualquer época do ano, ele é o Nordeste. Representar um pouco desses clássicos e trazer músicas que realmente marcaram gerações e histórias é de suma importância para nós. Foi algo que tentamos fazer e espero termos conseguido”, disse o cantor Wesley Santos.

A terceira atração do dia foi o cantor Nilson Viana. Em sua segunda apresentação no MCJ 2021 virtual, o músico apodiense radicado em Mossoró trouxe o projeto “Na Mesa do Brega”, com grande sucessos do estilo.

“Na Mesa do Brega é um projeto que lançamos antes da pandemia. Ele é somente brega na pegada desse ritmo bem gostoso. A gente optou por esse momento de a gente fazer na Mesa do Bar nessa segunda apresentação. A gente já tinha feito um forrozão na apresentação passada e esse projeto mostra um lado de Nilson Viana”.

Ao final de sua apresentação, Nilson Viana cantou a canção “Noites Traiçoeiras”, interpretada pelo Padre Marcelo Rossi. Ele ressaltou que esse momento foi para levar um pouco de fé e esperança para todos nesse momento difícil pelo que passa o mundo por conta da pandemia.

“Nada melhor do que um momento desse de fechar a nossa última apresentação no Mossoró Cidade Junina 2021. A gente queria muito ter esse momento para levar para as pessoas escutassem um louvor. Noites traiçoeiras todo mundo já canta, todo mundo louva e com certeza tocou o coração. Vamos ter fé. Como eu costumo dizer: ‘entre ter fé e medo, vamos escolher a fé’.”

Já o cantor Israel Ribeiro levou para o palco uma mistura de vários ritmos. Ele começou sua apresentação tocando “Cometa Mambembe”, de Alceu Valença. Israel ainda passou por músicas que estão fazendo sucesso nos dias atuais e agradeceu a oportunidade de apresentar-se no evento.

“Nossa proposta foi fazer algo diversificado, tanto puxando do antes para o atual e agradar de tudo um pouco. Estou vendo que deu tudo certo graças a Deus. A experiência de ter tocado aqui foi incrível. Agradeço a todos os envolvidos”.

Caroline Melo foi a última artista a subir ao palco do polo Estação. A cantora trouxe, o que ela mesmo definiu, como “forró raiz” e se sentiu muito honrada em participar da festa neste ano.

“O forró raiz como falei no palco é minha praia. Eu me sinto em casa e em qualquer lugar que eu esteja se eu tiver cantando vai ser esse forró raiz. É esse forró regional de Luiz Gonzaga, de Dominguinhos. Eu como artista me sinto muito honrada. Fiquei muito feliz quando foi divulgado meu nome que tinha dado certo o projeto para o MCJ (Mossoró Cidade Junina). São portas que se abrem”.

O secretário de Cultura do município, Etevaldo Almeida, destacou que o balanço do Mossoró Cidade Junina virtual é positivo. Ele enfatizou o feedback que vem recebendo de artistas e do público em geral.

“Nós estamos trabalhando nesses dias com muito efetividade e muita responsabilidade. O balanço no geral é de que a gente faz é de que o resultado está sendo muito significante, especialmente a partir dos depoimentos dos artistas quanto a questão da participação, da oportunidade que o município está dando para que os músicos possam estar trabalhando a parte de sua arte e, sobretudo, no que diz respeito a participação. Muitas pessoas que estão acompanhando nos trazem sugestões e agradecimentos quanto a questão da realização (Mossoró Cidade Junina Virtual)”.

Fotos: Wilson Moreno/PMM
Fotos: Wilson Moreno/PMM
Fotos: Wilson Moreno/PMM
Fotos: Wilson Moreno/PMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui