Mulher usa auxílio emergencial para pagar drogas, e tenta matar o próprio traficante no motel

0
487

Uma mulher foi presa suspeita de tentar matar um homem dentro de um motel em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa, no sábado (23). De acordo com a Polícia Civil, a vítima seria fornecedor de drogas da suspeita, que teria ido ao motel após sacar o dinheiro do auxílio emergencial por causa da pandemia de Covid-19.

Segundo a delegada Vanderleia Gadi, a mulher contou que não tinha um vínculo afetivo com o suspeito e que eram apenas meros conhecidos. “Ela devia cerca de R$ 150 a ele por causa de uma compra de entorpecentes. No sábado ela foi até uma casa lotérica no Bessa para receber o auxílio emergencial e na saída foi surpreendida por ele que teria aparecido para cobrar o dinheiro da dívida”, disse a delegada.

A suspeita teria pago o valor e, em seguida, a vítima a convidou para comprar cocaína e em seguida irem consumir a droga no motel. “‘Ela aceitou e foi para o local. Porém, em determinado momento, ela disse que não gostou pois ele puxou o cabelo dela e, por isso, quebrou uma taça e usou para ferí-lo”, contou Vanderleia.

Após golpear a vítima no pescoço, a mulher tentou sair do motel usando o carro do homem. Funcionários do estabelecimento notaram que haviam manchas de sangue no veículo e na mulher e impediram a saída dela, acionando a polícia e o Corpo de Bombeiros.

A Polícia Militar chegou no local e ao constatar que a vítima estava com a mão ferida, a levou sob custódia para o Hospital de Emergência e Trauma. O homem foi atendido pelos Bombeiros e também foi levado para o Trauma.

“A suspeita foi autuada pelos crimes de tentativa de homicídio e por roubo, justamente por tentar fugir levando o carro da vítima. Ela foi conduzida para o presídio Júlia Maranhão, uma vez que o local está sendo usado como carceragem provisória de mulheres durante a pandemia e deve passar por audiência de custódia neste domingo (24)”, completou a delegada.

Ainda de acordo com Gadi, funcionários do Trauma explicaram na manhã deste domingo que a vítima está internada em estado grave por causa do ferimento no pescoço.

G1/PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui