Patrão é preso suspeito de filmar funcionárias no banheiro

0

O dono de um lava a jato em Belo Horizonte (MG) foi preso na segunda-feira (8) suspeito de instalar câmeras no banheiro feminino para filmar as funcionárias. As câmeras foram descobertas por uma funcionária, que viu o equipamento próximo à janela e chamou a polícia. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Civil, havia três câmeras escondidas no banheiro: na janela, perto do vaso e atrás da porta. O homem, de 50 anos, foi preso no local. No total, doze funcionárias foram para a delegacia para prestar depoimento.

IstoÉ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui