Polícia Civil conclui inquérito sobre morte de José Ivan em Baraúna. Três suspeitos estão presos e dois foragidos

0

A Polícia Civil de Baraúna, na região Oeste Potiguar, concluiu, na semana passada, o inquérito que apurou a morte de, José Ivan Ângelo  da Silva, 39 anos, natural de Natal e trabalhava em uma empresa agrícola naquela cidade.

Ele foi executado com um tiro de escopeta calibre 12 na região da cabeça quando saía do trabalho e retornava pra casa. O crime aconteceu no 13 de agosto de 2020. José Ivan estava no carro da empresa, quando foi interceptado por homens armados e assassinado. (Relembre o Caso)

De acordo com o delegado de Baraúna, Dr. Luiz Fernando, cinco pessoas são suspeitas de participação no assassinato, entre elas a esposa da vítima,  Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, 35 anos, que seria a mandante do crime.

Ainda de acordo com o delegado o valor pago teria sido de 5 mil reais. Dos cinco envolvidos na ação criminosa, três estão presos por determinação da justiça e dois se encontram foragidos, mas estão com mandados em abertos.

Ainda segundo o bacharel Luiz Antônio, os presos são: Quércia Elânia Rebouças Costa Silva (esposa da vítima), Wesley Freire Lopes e João Paulo Saldanha de Lira (se apresentou espontaneamente na delegacia). Os que se encontraram foragidos e procurados pela Polícia Civil são: Bartolomeu Camilo Arruda Oliveira e Wellyson Dantas da Silva. 

Quércia, João Paulo e Wesley estão presos. Foto/Fim da Linha

A  Polícia Civil não divulgou ainda qual teria sido a motivação do crime. O delegado Luiz Fernando pede a população de Baraúna que denuncie sobre a localização dos foragidos. Para isso basta ligar 181 e não precisa se identificar. ( Fim da Linha)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui