Polícia Civil realiza mutirão para elucidar casos de violência doméstica em São José de Mipibu

0

Policiais civis da 24ª Delegacia de Polícia (São José de Mipibu) promoveram, nesta sexta-feira (13), um mutirão para realizar oitivas de investigados em casos de violência doméstica; ao todo, foram atendidos 50 casos. O mutirão, contou com o apoio de cinco escrivães da Diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGRAN), da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD), da 4ª equipe da Delegacia de Plantão da Zona Sul e da 18ª Delegacia de Polícia (Parnamirim). O objetivo foi atender 104 inquéritos em abertos do ano de 2021 até 2022, promovendo conclusão de procedimentos policiais relacionados aos crimes de violência doméstica em São José de Mipibu.

Novas iniciativas relacionadas à proteção da mulher em 2022

A coordenadora das Delegacias Especializadas em Atendimento à Mulher (DEAMs), delegada Paoulla Maués, ressalta duas iniciativas relevantes, desenvolvidas pela PCRN neste ano: o Plano de Proteção à Mulher vítima de violência doméstica e/ou familiar e o Guia Prático de Proteção Tecnológica à Mulher. As ferramentas consistem em orientações a serem entregues às vítimas que procurarem uma DEAM, elaboradas de acordo com a necessidade de cada uma, levando-se em conta o contexto de violência apresentado no momento do registro de Boletim de Ocorrência (B.O.) e do preenchimento Formulário de Avaliação de Risco.

O Plano de Proteção à mulher vítima de violência doméstica e/ou familiar e o Guia Prático de Proteção Tecnológica à Mulher resultam de um trabalho conjunto das DEAM’s e do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP) e têm como objetivo proteger a mulher que esteja no contexto de violência doméstica e/ou familiar de novas circunstâncias de violência, ou do agravamento das já existentes. Por meio do guia prático, a mulher saberá configurar seu telefone para “chamadas rápidas”, verificar se seu aparelho eletrônico está sendo monitorado, aprenderá a proteger de aplicativos espiões, transformar seu aparelho em dispositivo de gravação de áudio e vídeo, e outras ferramentas.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui