Projeto de extensão do Educandário Santa Terezinha aborda o autismo nas redes sociais

0

O Projeto de Extensão, que é um componente curricular dos cursos superiores, que visa promover a articulação entre o saber adquirido na sala de aula e as demandas reais de uma comunidade. Este movimento, estimula uma formação mais cidadã e no caso da Psicologia, reforça o compromisso social da profissão.

Nesse sentido, os 33 alunos do 2º período do Curso de Psicologia da FCST, junto à sua Orientadora, a Profa. Me. Elaine Macedo, observaram a oportunidade de contribuir com a região do Seridó por meio de um perfil no Instagram que reunisse informações sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), além de divulgar profissionais capacitados na área. Se chama ACISA – Seridó Atípico (@acisa_serido_fcst). A arte visual é do renomado artista plástico caicoense, Istelo Almeida. Instagram: isteloalmeida

O objetivo é ajudar as famílias a compreender melhor o transtorno, encontrar acolhimento e ter referências de profissionais que possam ajudá-las no diagnóstico e tratamento.

O Autismo é assunto de saúde pública, assistência social e educação, e o perfl ACISA quer contribuir para que esta causa ganhe cada vez mais respeito e atenção da sociedade.

“O mundo está mudando rápido demais, e com a pandemia tudo o que conhecíamos como “normal” foi remodelado. A turma do segundo período de psicologia da FCST, reconhecendo o déficit de informações científicas e de fácil acesso à população Seridoense sobre o autismo, adaptou-se a realidade com a qual vivemos atualmente, assim dando vida ao perfil do ACISA no Instagram. Pretendemos tocar o máximo de pessoas possível com o conhecimento, desmitificando o TEA, de modo que o preconceito seja vencido pela sensibilidade do saber. Utilizamos de uma linguagem clara, mas sem perder o embasamento da ciência, ressaltando a responsabilidade do grupo para com a população. O ACISA veio em forma de desafio para nós, onde logo no segundo semestre abordamos uma temática tão necessária e cheia de nuances. Esperamos conseguir transmitir os conhecimentos que adquirimos em cada etapa da criação desse projeto; ele se tornou um vínculo da FCST com a população seridoense. É o legado que estamos deixando enquanto turma”, disse a líder da turma Emily Azevedo.

Nos últimos dias, a estudante do curso de psicologia, Lara Beatriz vem mantendo contato com a imprensa do RN para divulgar o projeto, para a jovem universitária, é de suma importância que a população participe seguindo o perfil do projeto no Instagram.

Estudante do curso de psicologia da Faculdade Católica Santa Terezinha, Lara Beatriz. Foto: cedida

Sigam: @acisa_serido_fcst
Orientadora: @psicologa_elainemacedo

Sigam o perfil: https://www.instagram.com/p/CXjhJ06JP5P/?utm_source=ig_web_copy_link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui