Solidariedade: Garotinho doa todas as suas economias pra ajudar hospital contra coronavírus

0
132

Um menino de 10 anos abriu seu cofrinho e doou R$ 337 ao Hospital São José, em Arroio do Meio, na Região do Vale do Taquari. O dinheiro será utilizado pela instituição para adquirir equipamentos de proteção aos profissionais da saúde.
Para Mathias Krein, o motivo é bem simples: um dia, ele pode precisar do atendimento.

“Eu vi que o hospital estava precisando. E se eu pegar o coronavírus, eu vou pra lá, né!?”, disse.

A professora Magda Rockenbach, mãe do menino, relembra com emoção quando ele a chamou para conversar e contar que iria doar o dinheiro.

“A gente conversou sobre a impotência das doações, mas sem esperar nada. Ele disse que tinha uma coisa para dar e tirou todo o dinheiro”, conta.
“Ele é apaixonado por Lego, então, quando está de aniversário, os avós e familiares dão um dinheirinho para ele de presente, e ele vai juntando. Às vezes ficamos conversando em família, e aqueles dias falamos das doações e tal, como é importante. Ele ficou pensativo e no dia seguinte ele chamou minha irmã no quarto e disse que gostaria de doar o dinheiro dele, que ele já tinha bastante Lego e assim poderia ajudar”, disse a tia Marjana Rockembach, que é enfermeira.
O dinheiro já está com o hospital. Uma ajuda necessária, conforme Niúra Rodriges da Silva, gerente de Recursos Financeiros e Materiais, mas cujo valor é menos importante do que o gesto de solidariedade.
“É uma gratidão imensa para nos e para a comunidade; porque uma criança de apenas 10 anos já levar essa importância que é cuidar da saúde”, diz a gerente.
Arroio do Meio tem 22 casos confirmados, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. A incidência por cada 100 mil habitantes é uma das mais altas do estado, acima de municípios como Porto Alegre e Bento Gonçalves, por exemplo, que estão entre os cinco com mais registros no Rio Grande do Sul.

Com informacoes G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui