Artemis I: Orion, cápsula lançada por foguete da Nasa, conclui primeiro sobrevoo próximo à Lua e projeto quer enviar para lá primeiro negro e primeira mulher.

A cápsula Orion, transportada como parte da missão Artemis I, da agência espacial norte-americana, Nasa, completou o seu primeiro sobrevoo próximo à Lua nesta segunda-feira, 21, cinco dias desde o lançamento do foguete não tripulado. A espaçonave passou cerca de 130 quilômetros da superfície lunar, um marco na missão de devolver os humanos ao satélite natural da Terra. Essa é a menor distância que a Orion chegará da Lua antes de entrar em uma ‘órbita retrógrada’.

A Orion completou o sobrevoo motorizado de saída às 9h44 (horário de Brasília), a primeira das duas manobras necessárias para entrar na chamada ‘órbita retrógrada da Lua’. No momento do sobrevoo lunar, a cápsula estava sem comunicação com os controladores de solo e disparou autonomamente seus motores. Ela voou a uma distância de 370 mil quilômetros da Terra e ainda passou cerca de 2,2 mil quilômetros acima do local de pouso da Apollo 11, na Base Tranquility.

“A missão continua como havíamos planejado, e os sistemas terrestres, nossas equipes de operações e a espaçonave Orion superando as expectativas. Ao longo do caminho, vamos aprendendo mais sobre esta nova espaçonave espacial”, disse Mike Sarafin, gerente da missão Artemis I.

Leia mais