Styvenson denuncia descaso com a educação no Rio Grande do Norte

Em pronunciamento no Plenário nesta sexta-feira (1º), o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) expôs preocupação com a situação de precariedade das escolas e a ineficiência das políticas públicas voltadas para a educação no Rio Grande do Norte. Segundo ele, o governo fechou 18 escolas no interior do estado, ao mesmo tempo em que destinou recursos para o ensino técnico.

— São décadas sem passar por uma reforma. E eu vou dizer por que não falta dinheiro: porque o governo do estado, que é administrado por uma professora, pegou R$ 120 milhões ou R$ 140 milhões e construiu dez institutos técnicos, tendo quase 600 escolas precisando de um mínimo de reforma. Tem escolas que nem banheiro têm. Tem escolas cujos refeitórios são de dar vergonha, nojo — disse.

O senador também criticou a contratação de professores temporários para suprir a ausência dos concursados que pedem transferência para outros órgãos.

Leia mais

“Mata a cobra e mostra o pau”: Styvenson já destinou 23 ônibus escolares para o RN, totalizando um valor de R$ 6,4 milhões.

Para quem conhece o Senador Styvenson Valentim, sabe que ele não é de conversa fiada, ele não promete, ele faz e mostra.

O senador defende e acredita que o futuro do RN e do Brasil, está na educação das crianças, e para isso acontecer, é preciso investir.

Com um mandato atuante, Styvenson já destinou um total de 23 ônibus escolares para os estudantes do Rio Grande do Norte, totalizando um valor de R$ 6,4 milhões.

Leia mais