Polícia Civil prende foragido da Operação “Moenda” em Senador Elói de Souza

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) divulgaram, nesta sexta-feira (01), os resultados da continuação da 2ª fase da Operação “Moenda”. Em diligências conjuntas à Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN), por meio de equipe atuante em Senador Elói de Souza, Diogo Azevedo Barbosa, mais conhecido como “Diego Do Passo”, natural de Goiás, 30 anos, que estava foragido da operação, foi localizado e conduzido até a DEICOR, onde foi autuado em flagrante delito.

Na quinta-feira (01), a equipe conseguiu identificar Francielisson Silva Santos, mais conhecido como “Bebê”, natural de Rio do Fogo, 25 anos, foragido da Justiça que respondia a vários processos criminais, inclusive a dois homicídios que tiveram como vítimas policiais. Francielisson Silva, após efetuar disparos contra os policiais na última quarta-feira (30), foi atingido e não resistiu. No decorrer das diligências, foram apreendidas munições e armas de fogo utilizadas por uma organização criminosa.

Ao todo, foram quatro fuzis de guerra, duas armas espingardas calibre 12, uma espingarda de cartucho, um rifle e uma pistola .40 da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN). Além disso, foram apreendidos seis coletes balísticos, roupas camufladas, diversos baldes de grampos, explosivos (emulsão encartuchada, espoletas, cordéis detonantes e metalon), além de um veículo roubado no município de Natal, no dia 17 de novembro deste ano.

Leia mais

Vídeo: Polícia Civil deflagra 2ª fase da Operação “Moenda” e apreende quatro fuzis de guerra em município do RN

Policiais civis da Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagraram, nesta quarta-feira (30), a 2ª fase da operação “Moenda”, na zona rural do município de Senador Elói de Souza, no Agreste Potiguar. No decorrer das diligências, foram apreendidas munições e armas de fogo utilizadas por uma organização criminosa. Ao todo, foram quatro fuzis de guerra, duas armas calibre 12, um rifle e uma pistola da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN). Além disso, foram apreendidos cinco coletes balísticos e explosivos diversos.

Após efetuar disparos contra os policiais, um dos suspeitos foi atingido e não resistiu. Os outros suspeitos conseguiram fugir por um matagal próximo. Uma mulher foi conduzida até a DEICOR, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (T.C.O.) por posse de droga para consumo; e o seu marido, anteriormente foragido, encontrava-se preso quando a operação teve início. Essa é mais uma ação integrada da operação Albatroz do programa Guardiões das Fronteiras da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP).

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou (84) 98135-6796 (WhatsApp DEICOR).

Leia mais