PF e Polícia Legislativa prendem empresário que ameaçava Randolfe e encontram arsenal

A Polícia Federal e a Polícia Legislativa do Senado realizaram na manhã desta quinta-feira (22) uma operação conjunta que resultou na prisão em flagrante do empresário bolsonarista Júlio Farias, no Amapá. Dono de uma rede de postos que leva o seu nome, ele vinha efetuando uma série de ameaças contra o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Um mandado de busca e apreensão foi expedido pela juíza federal Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, no âmbito de um inquérito aberto pela Polícia Legislativa.

Na residência do empresário, as autoridades encontraram dez armas e mais de 3.000 munições. O arsenal reúne itens como um fuzil, pistolas semi-automáticas e um revólver calibre 38.

Leia mais