UFRN institui grupo de enfrentamento ao assédio sexual e DCE defende que a mobilização continua

0

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) instituiu nesta quarta-feira, 8, o Grupo de Trabalho pelo Enfrentamento ao Assédio Sexual na UFRN, com o objetivo de identificar e sugerir medidas institucionais para prevenir e combater o assédio sexual, além de outras violências de gênero, no âmbito da instituição de ensino.

Para Ana Beatriz Sá, coordenadora de mulheres do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFRN, essa é uma conquista das denúncias e mobilizações que as estudantes têm feito para denunciar os casos de assédio nos campus.

“A gente ocupou a reitoria e conseguiu uma reunião com o pró-reitor para discutir o que poderia ser feito. Entregamos uma carta de reivindicação e conseguimos ter um resultado político bom. Esse GT [Grupo de Trabalho] de enfrentamento ao assédio da Universidade foi fruto da mobilização realizada pelas mulheres estudantes […] Mas ainda há uma série de medidas que precisamos resolver, como a questão da iluminação nos campus e outras questões que dizem respeito à estrutura da Universidade”, relata Ana Beatriz, sobre ato pelo fim do assédio que ocorreu na Reitoria da UFRN no último dia 26.

Com a previsão de reuniões quinzenais, o GT tem como sua primeira proposição elaborar uma campanha informativa, com o intuito de conscientizar a comunidade universitária sobre a temática do assédio sexual.

BG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui