Veja as críticas que Argel técnico do time alagoano fez a Jesus e ao Flamengo

0

O Flamengo sofreu mais do que o esperado, mas conseguiu vencer o CSA, na noite do último domingo, por 1 a 0 e manteve os dez pontos de frente para o vice-líder Palmeiras na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Após a partida, o técnico do time alagoano, Argel Fucks, falou sobre Jorge Jesus e fez duras críticas à forma como a imprensa e demais pessoas tratam o trabalho do português.

“Ninguém descobriu a pólvora no futebol. O Flamengo joga o que a seleção de 70 jogava. O Flamengo tem hoje os melhores jogadores, tem estrutura, condições de trabalho e bons profissionais. Trabalhar lá é muito mais fácil. O Andrade foi campeão brasileiro pelo Flamengo. O Jayme (de Almeida) foi campeão da Copa do Brasil pelo Flamengo, quando o Flamengo era desorganizado, quando não tinha estrutura, quando não pagava. Imaginem como seria hoje, com toda esta estrutura”, disse o treinador.

Apesar das críticas, o ex-zagueiro disse que não há ciúmes dos técnicos brasileiros para com os estrangeiros e relembrou demais gringos que pisaram no Brasil e foram ‘bem tratados’ pelos demais profissionais e ainda disse que existe grandes chances de o Rubro-Negro levar o Campeonato Brasileiro e a Conmebol Libertadores.

“O Flamengo merece sim, porque se profissionalizou. Mas, em 1970, a Seleção Brasileira jogava assim. Vamos valorizar o nosso futebol. Ainda somos os pentacampeões. Vamos valorizar os treinadores brasileiros. O treinador estrangeiro tem lugar sim. Há lugar para todos. Agora venham e ganhem. Até porque não ganharam”.

Por outro lado, Jorge Jesus aproveitou para responder o treinador brasileiro. O português disse que respeita a opinião de Argel, mas que faz um trabalho ‘tático e técnico’ que nem todos compreendem. “Não vou discutir a opinião de um colega meu, se ele acha que eu não trouxe nada ao futebol brasileiro, que já jogava assim… Que posso dizer? Ele conhece melhor o futebol brasileiro do que eu. Eu só procuro trazer as minhas ideias de jogo”.

“Cristóvão Colombo conseguiu pôr o ovo em pé, a partir daí tornou-se fácil, todos conseguiram. É fácil dizer que a seleção de 70 era assim. É uma opinião, eu respeito todas as opiniões dos meus colegas. O futebol brasileiro foi sempre marcante em todo o Mundo, quando eu era jovem era a minha paixão. Portugal é hoje uma das equipes mais fortes do Mundo, mas naquela altura ainda não era e a referência que eu tinha era o Brasil. O Brasil tinha grandes equipas, mas hoje o futebol mudou, não se expressa só pelas ações individuais, como nessa altura, hoje o futebol tem uma componente técnico-tática, e poucos percebem isto, tão importante como a individual”.

Fonte: FOX Sports

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui