Vivaldo Costa celebra investimentos Federais em recursos hídricos no Sérido

0

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) celebrou os anúncios de investimentos federais para garantir segurança hídrica aos municípios do Seridó potiguar. Em pronunciamento no horário dos líderes na sessão desta quinta-feira (03) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o parlamentar destacou a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, na região seridoense, acompanhado do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).  “O ministro está no Seridó atendendo a pedidos de lideranças do Estado com o objetivo de fortalecer a estrutura hídrica da região, vai dar segurança hídrica aos potiguares”, disse Vivaldo, que relembrou em seguida os vários apelos que fez como parlamentar para que Ezequiel Ferreira obtivesse junto ao Ministério os recursos para as obras. “Um pedido especial que nosso presidente levou até o ministro para que fosse priorizada a adutora de Passagem das Traíras, uma obra paralisada há muitos anos e que tem causado prejuízo imenso”, completou. Vivaldo acrescentou ainda que a comitiva composta por Rogério e Ezequiel conta ainda com integrantes da bancada federal potiguar, prefeitos eleitos ou reeleitos no último pleito, vereadores e lideranças locais. A obra em Passagem das Traíras começa na segunda-feira (07) e será feita inicialmente a restauração da parede que possui atualmente uma fenda, para já garantir o acúmulo de água em 2021.  Depois, continuou Vivaldo, o ministro estará em Acari para lançar a pedra fundamental de um projeto que tem como objetivo fortalecer o Pró-Sertão e transformar o município na “Cidade da Moda”. O local servirá como ferramenta para a comercialização de produtos produzidos pelas oficinas de costura integrantes do projeto. Por fim, Vivaldo também destacou o anúncio de R$ 40 milhões para as obras da barragem de Oiticica, com a previsão de inauguração para o próximo ano.  Em seguida a deputada estadual Isolda Dantas (PT) registrou em plenário o Dia Internacional de Luta contra os Agrotóxicos, que ocorre nesta quinta-feira (03). A parlamentar disse que o uso desse material tem “trazido dano a saúde das pessoas e ao meio ambiente. No Brasil somos campeões de agrotóxicos e, em novembro, o governo Bolsonaro liberou ainda mais”. A deputada acrescentou ainda que o uso destes materiais tem relação com casos de câncer na população e também a distúrbios hormonais graves. “Em outros países, como na Europa, são completamente proibidos”, completou. Isolda ainda criticou a proposta em debate de desoneração fiscal dos agrotóxicos. “Há movimento nesse sentido quando deveria ser o contrário, para proibir disseminação dessa substância. Precisamos produzir, mas com qualidade, sem veneno”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui