Vivaldo Costa pede união entre gestores públicos para enfrentamento da dengue

0

Na Sessão Plenária desta quarta-feira (18), na Assembleia Legislativa do RN, o deputado Vivaldo Costa (PV) lamentou a explosão nos casos de dengue no Estado (aumento de 1.431%), e pediu união entre governo estadual, municípios e Ministério da Saúde, para enfrentar o problema das arboviroses, que engloba também o Zika e a Chikungunya.

“Eu andei conversando com alguns prefeitos e secretários, e eles têm me dito que os casos de dengue têm crescido exponencialmente nas suas cidades, nas últimas semanas. Hoje também saiu na Tribuna do Norte que será decretada epidemia de arboviroses no RN. Em Caicó, por exemplo, a situação está muito grave. Os hospitais estão lotados e não há mais vaga nas UTIs. E em Natal os hospitais particulares estão todos lotados também”, disse o parlamentar.

Segundo o deputado, agora é a hora de reunir governo estadual e todos os prefeitos, além de pedir apoio ao Ministério da Saúde, a fim de desenvolver uma campanha de conscientização e combate à dengue, Chikungunya e ao Zika.

“Eu fui secretário de Saúde quando Wilma de Faria era prefeita, e nós enfrentamos uma situação parecida. Naquela oportunidade, nós fizemos um trabalho até hoje elogiável no enfrentamento da dengue. A novidade foi que nós incluímos a secretaria de educação nas atividades. A juventude participou e contribuiu muito para vencermos as arboviroses”, contou.

Em seguida, ele fez um apelo à governadora Fátima Bezerra (PT), pedindo empenho e união na luta contra essas doenças.

“Agora nós apelamos para a governadora, e eu tenho certeza de que ela vai comandar essa luta, junto com o secretário de Saúde, prefeitos, secretários municipais, Governo Federal e Ministério da Saúde. Nós vamos fazer aqui no RN um trabalho que vai ser copiado pelos outros estados”, garantiu Vivaldo, dizendo que “o governo estadual vai se empenhar da mesma forma que no combate à Covid-19, o que resultou no salvamento de muitas vidas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui