Vivaldo Costa sugere que Governo do RN acompanhe pacientes com sequelas da Covid

0

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (8), o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) chamou a atenção para a necessidade de acompanhamento médico das pessoas que recebem alta hospitalar, mas permanecem com sequelas relativas à Covid-19.

“Eu quero fazer um alerta a todos aqui hoje: no Estado de São Paulo, um trabalho da USP em parceria com hospitais, concluiu que 60% das pessoas acometidas pela Covid-19 ficam com sequelas, principalmente pulmonares. Mas o mesmo estudo mostrou que, se elas forem atendidas adequadamente, poderão ficar totalmente curadas”, destacou.

Segundo Vivaldo, aqui no Rio Grande do Norte isso também acontece muito.
“Depois de curadas, as pessoas apresentam sintomatologia pulmonar, cardiológica, hipertensão, taquicardia, nervosismo, insônia e outros problemas da área psíquica. Então, esses pacientes precisam ser acompanhados pelos médicos das unidades básicas de saúde e, caso seja necessário, encaminhados para profissionais especializados”, acrescentou.

Concluindo, o deputado disse que deu entrada hoje num requerimento, o qual foi encaminhado à Secretaria de Saúde, para que haja um trabalho conjunto com todas as secretarias municipais. “Temos o Programa Saúde da Família, que é excelente e funciona muito bem. Se todos os órgãos se unirem, sem dúvida poderão fazer um grande programa para atender essas pessoas acometidas por sequelas da Covid”, finalizou Vivaldo.

Moção de pesar: Padre Idalmo César

O deputado Vivaldo Costa (PSD), apresentou moção de pesar pelo falecimento do Padre Idalmo César Barbosa Fernandes, que faleceu terça-feira (7). O parlamentar disse conhecer o sacerdote das festas de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira de Campo Redondo. “Sempre foi muito receptivo o Padre Idalmo em todas as vezes que o encontrei em Campo Redondo. Lamento sua partida repentina e apresento minhas condolências aos seus paroquianos e familiares”, contou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui