Witzel ficou furioso ao saber da morte de miliciano — entenda

0
158

A operação das polícias da Bahia e do Rio que culminou na morte do miliciano Adriano da Nóbrega neste domingo deixou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, irritado.

Interlocutores do governador têm dito que a morte de Adriano prejudica meses de investigação e de trabalho de inteligência, que estavam avançados, sobre um personagem-chave para desbaratar a milícia do Rio.

Witzel e Rui Costa, o governador baiano do PT, já têm encontro marcado. Estarão em Brasília nesta terça-feira para a reunião de governadores. Ainda não se sabe se o assunto estará na pauta.

VEJA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui