Inscrições prorrogadas em censo da população indígena de Natal

A prefeitura de Natal, por meio da Secretaria Municipal de Igualdade Racial, Direitos Humanos, Diversidade, Pessoas Idosas, Pessoas com Deficiência e Juventude (SEMIDH) prorrogou as inscrições para o processo seletivo simplificado, destinado à seleção de pesquisadores bolsistas de nível médio, para atuarem no Projeto de Realização do Censo dos Povos Indígenas no município de Natal, para até o dia 21 de fevereiro.

O projeto é um convênio da Prefeitura de Natal e a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio Grande do Norte (Funcitern) e de acordo com a titular da pasta, Yara Costa, a realização do Censo é fundamental para a obtenção de dados.  “O objetivo é realizar o Censo dos Povos Indígenas no município de Natal para orientar os órgãos municipais quanto à implementação de políticas públicas especificas que atendam a os anseios dessa população que vem constantemente lutando por melhorias nas condições de vida dos indígenas que vivem em contexto urbano, principalmente na Zona Norte de Natal”, disse.

De acordo com o prefeito Álvaro Dias, os povos indígenas foram silenciados ao longo da história, como também os povos africanos. Ainda segundo o chefe do executivo municipal, a colonização portuguesa foi responsável pelo massacre, desaparecimento e silenciamento dos povos originários. “A nossa história precisa ser recontada, revisada e revista. Nós temos uma dívida social impagável. Com o recenseamento, vamos atenuar essa dívida com políticas públicas voltadas para a população indígena, garantindo educação, saúde e assistência social. O censo é uma reafirmação dos direitos indígenas. Nós enviamos um projeto de lei para a Câmara Municipal do Natal com o objetivo de implementar a obrigatoriedade do estudo dos povos originários no currículo escolar das escolas municipais”, assinalou o gestor.

Leia mais

Limpeza de Pirangi impressiona populares no encerramento do Verão 2024

Nas primeiras horas da manhã deste sábado (3), as equipes da Secretaria de Limpeza Urbana de Parnamirim (Selim) já trabalhavam para manter o alto padrão de limpeza do local. Já virou rotina encontrar moradores ou turistas pelas principais vias do litoral elogiando os serviços da Selim como impecáveis. Resultado que é reflexo das campanhas de estímulo à colocação de lixo para coleta na hora certa e da consciência da população, que tem ajudado demais a conservação da limpeza dos espaços coletivos.

Neste final de semana, certamente não será diferente. Para o encerramento do Verão e a Abertura Oficial do Carnaval de Parnamirim, o número de contêineres e de banheiros químicos na Márcio Marinho e na Praça São Sebastião foi reforçado. Caminhões coletores passaram bem cedinho fazendo a coleta e a catação de resíduos de vegetação. Nas próximas horas, o litoral deve receber um bom público para curtir – na praia – os hits da Banda Grafith, fechando a programação do Super Verão de Parnamirim. 

Leia mais

Prefeitura de Parnamirim apresenta plano de segurança para o Carnaval 2024

A Prefeitura de Parnamirim apresentou, na manhã quinta-feira (1) como será o plano de segurança para o Carnaval 2024. A festa começou no último sábado (27), com uma grande prévia, arrastando 35 mil pessoas pela Avenida Márcio Marinho, ao som dos clássicos do Axé de Durval Lelys. A programação segue neste domingo (4) com a abertura oficial da festa com Xanddy Harmonia e Taty Girl.

De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem), será empregado um efetivo de mais de 500 agentes das diferentes forças de segurança, incluindo a PMRN, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Agentes de trânsito, Polícia Penal, Coordenadoria de Transporte, Conselho Tutelar, Polícia Civil, Secretaria de Meio Ambiente, na fiscalização sonora, além de segurança privada.

As equipes estarão espalhadas por todo o percurso, com guarnição no Hospital Márcio Marinho e base móvel em frente ao Hotel Village do Sol. O esquema contará ainda com uma Delegacia Móvel, em frente ao restaurante Comeu Morreu e uma fixa na Praça São Sebastião.

Leia mais