Polícia Civil apreende armas de fogo e munições em desdobramento da Operação “Palazzo” em Natal

0

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Natal realizaram, nesta quinta-feira (10), diligências em desdobramento da Operação “Palazzo”, que teve como objetivo combater o tráfico de drogas e ações relacionadas ao crime organizado na Comunidade Paço da Pátria, localizada na Zona Leste de Natal. A ação resultou na apreensão de armas de fogo, munições e drogas.

De acordo com as investigações, um imóvel, localizado na Comunidade Paço da Pátria, estaria sendo utilizado por integrantes de uma organização criminosa como um depósito de armas de fogo. As investigações contaram com o apoio da Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado (FT-NUDEM) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

No local indicado, os policiais civis apreenderam uma carabina.40; uma espingarda calibre .12; duas pistolas, sendo uma calibre .40 e outra no calibre .9mm; um revólver calibre .38; aproximadamente 300 munições de fuzil calibre .556; 200 munições de calibres .40, .9mm, .12 e .38.

Além disso, também foram apreendidos quatro carregadores de pistola; cinco carregadores de carabina; um carregador de fuzil; 54 porções de cocaína e três coletes balísticos. Durante as diligências, os responsáveis pelo imóvel e pelo material apreendido não foram encontrados.

O nome da Operação “Palazzo” remete ao nome da Comunidade “Paço”, que é sinônimo de “Palácio”. Ela foi deflagrada em janeiro de 2019, e, desde então, já foram apreendidas 18 armas de fogo, sendo dois fuzis; 47 emulsões encartuchadas de dinamite; 23 rádios comunicadores e mais de R$ 24.600 (vinte e quatro mil e seiscentos reais) em dinheiro fracionado. Além disso, 27 pessoas foram presas. Nos últimos dois anos, foram apreendidos pela DENARC, na localidade, aproximadamente 70 quilos de drogas.

As investigações prosseguirão para identificação dos envolvidos. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou do WhatsApp da DENARC, por meio do número: (84) 981356050.

Fonte: SECOMS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui