Vivaldo chama atenção para reconhecimento dos colegas em relação ao trabalho do Governo

0

Na Sessão Ordinária desta quinta-feira (30), no horário destinado aos deputados, Vivaldo Costa (PSD) se pronunciou pedindo justiça e reconhecimento à dedicação do governo estadual na resolução dos problemas pelos quais passa o Rio Grande do Norte.

“Eu fui aluno de escola pública, no famoso Colégio Estadual Atheneu, e tive um grande professor, chamado Rodrigues Alves, que me ensinou o seguinte: a um amigo, tudo que for possível; a um inimigo, justiça. E infelizmente esse ensinamento não serve para a classe política”, iniciou.

Segundo o parlamentar, alguns colegas elogiam diariamente os secretários do governo estadual, mas criticam a governadora Fátima Bezerra (PT), que os escolheu para auxiliá-la na condução dos seus trabalhos.

“Eu vejo os deputados aqui falando muito bem do comandante da PM, Coronel Alarico, e do secretário, Coronel Araújo, que são os homens mais bem preparados para cuidar da nossa Segurança, escolhidos a dedo pela governadora. Eles são santos, mas a governadora é a errada, a que maltrata o povo. Todo tipo de adjetivação ruim utilizam para ela. E eu vejo que é injustiça”, repudiou Vivaldo.

Por fim, ele pediu para que seus colegas sigam os ensinamentos do “antigo e admirado professor Rodrigues Alves”, ex-membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras.
“Meus amigos, vamos seguir os ensinamentos do nobre professor. Vamos fazer justiça à governadora Fátima, que tem se dedicado para resolver os problemas do Rio Grande do Norte”, concluiu.

Conclusão da Adutora de São José do Seridó

Ainda durante a sessão desta quinta-feira (30), o deputado Vivaldo Costa (PSD), protocolou pedido à governadora Fátima Bezerra (PT) onde solicita a conclusão da adutora de São José do Seridó. O parlamentar requereu que seja estendida uma ramificação até o distrito de Caatinga Grande.

Vivaldo contou que a obra está paralisada e é de fundamental importância diante da restauração da Barragem Passagem das Traíras. O Papa Jerimum, que construiu a barragem, quando governou o Rio Grande do Norte, pediu para que a classe política de São José do Seridó e toda região possa seguir unida na tentativa de viabilizar a conclusão da adutora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui